14 de jul de 2017

VIDA



 Vamos ao nosso devocional de hoje.


Eu te peço, ó Deus, que me dês duas coisas antes de eu morrer: não me deixes mentir e não me deixes ficar nem rico nem pobre. Dá-me somente o alimento que preciso para viver. Porque, se eu tiver mais do que o necessário, poderei dizer que não preciso de ti. E, se eu ficar pobre, poderei roubar e assim envergonharei o teu nome, ó meu Deus.
Provérbios 30:7‭-‬9 NTLH

Eu acho muito profundo esse provérbio de Agur, assessor do Rei Salomão, todo capítulo é muito bonito e forte, é uma boa leitura pra quem ainda não leu, se tiver um tempo leia o capítulo todo. Mas eu quero focar apenas nos versos de 7 ao 9. O que acho interessante neste trecho é que Agur expõe para Deus o que ele é!! A natureza pecaminosa dele, a primeira coisa que ele pede, "Não me deixes mentir", que em uma versão mais clássica diz "Afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa", ou seja, Que Deus não permitisse, que ele achasse, que sem Deus ele era alguma coisa, ou que não precisava de Deus, como vemos hoje em Dia com pessoas que negam a Cristo e que são ateus.
Topo